Por Fora
das Pistas

Notícias

7 de agosto de 2015

Cavalos e humanos têm expressões faciais muito semelhantes, diz estudo

Os cavalos compartilham com os seres humanos e os chimpanzés expressões faciais muito parecidas, o que poderia indicar vínculos evolutivos entre estas espécies, indicou um estudo divulgado na última quarta-feira pela publicação científica britânica “PLOS ONE”.

Especialistas em comunicação de mamíferos explicaram que os cavalos, da mesma forma que os humanos, utilizam músculos do nariz, dos olhos e dos lábios para alterar suas expressões faciais de acordo com diferentes situações. Os resultados da pesquisa sugerem que existem vínculos evolutivos entre as diferentes espécies determinados pela utilização dos movimentos do rosto.

Os autores do estudo, elaborado pelas universidades britânicas de Sussex e Portsmouth junto com a Universidade de Duquesne, de Pittsburgh, nos EUA, desenvolveram uma ferramenta para categorizar as expressões faciais dos equinos com base em seus movimentos musculares.

A partir da ferramenta, os pesquisadores identificaram 17 movimentos faciais nos cavalos, em comparação com 27 nos humanos, 13 nos chimpanzés e 16 nos cachorros.

A pesquisadora Jennifer Wathan, co-autora do estudo, explicou que os cavalos têm a visão muito desenvolvida, inclusive mais do que gatos domésticos e cachorros.

No entanto, seu uso de expressões faciais “passou despercebido todo este tempo”.

“O que nos surpreendeu foi o rico repertório de complexos movimentos faciais nos cavalos, e a quantidade deles que se pareciam com os dos humanos”, destacou Wathan.

A autora acrescentou que, apesar das diferenças evidentes entre a estrutura facial de equinos e humanos, foram identificados “movimentos de lábios e olhos muito parecidos entre ambos, e agora é necessário relacionar esses movimentos com seu estado de espírito”.

Karen McComb acrescentou que estas descobertas fornecerão informações valiosas para as práticas veterinárias e também para o bem-estar animal.

  • Compartilhe
  • <