Por Fora
das Pistas

Notícias

Vampire Dany foi um dos cavalos roubados na Itália

20 de março de 2017

Cavalos campeões de corridas são roubados de centro de hipismo

Um curioso caso de furto chocou a Itália nesta terça-feira. Dois cavalos campeões de corridas e bastante famosos nas competições esportivas do país europeu foram roubados na noite de segunda-feira de detro do centro de treinamento da hípica Wave, localizado na cidade de Pisa.

Vampire Dany é um macho de três anos do time Wave e é descendente Varenne. Vence prêmios em torno de 130 mil euros. Seu recorde é de 1.13.7 e ganhou seis das oito provas que concorreu até hoje, sendo a mais importante a do Gran Criterium de Milão, em dezembro.

Unicka é um cavalo fêmea de 4 anos com prêmios de 560 mil euros. Tem um índice de 13 vitórias em 15 provas disputadas, com recorde de 1.11.5. Ganhou a prestigiosa prova Orsi Mangelli, também em Milão, em novembro do ano passado. A polícia acredita que os ladrões tenham burlado o sistema de alarme da fazenda. Mas agora os agentes tentam verificar se a zona é coberta por câmeras de segurança.

Como os animais possuem certificação que impede que sejam vendidos no mercado clandestino, a polícia trabalha com a hipótese de que os ladrões planejavam pedir resgate aos proprietários. Com informações da Agência Ansa.
Legado do hipismo no Rio 2016

Os Jogos Olímpicos acabaram no ano passado, mas deixaram um legado importante para o Rio de Janeiro. O hipismo, por exemplo, é um dos esportes que deixou marcas para a cidade. Uma delas foi o Centro Olímpico de Hipismo, modernizado e ampliado somente para o Rio 2016.

Leia também: Testes de doping do hipismo no Rio 2016 dão 100% negativos

O local de 1 milhão m² abrigou as arenas de adestramento e saltos além da pista de cross-country, renovadas graças a uma parceria do Rio 2016 com a UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro). O conhecimento quanto à preparação e manutenção das instalações, além dos materiais e novos equipamentos nelas utilizados, como baias e obstáculos para cavalos, são algumas das marcas deixadas pelo esporte. A ideia é que a pista e as arenas se tornem sede de futuras competições de hipismo e de aulas de salto, adestramento e CCE (Concurso Completo de Equitação).

Fonte: Esporte – iG  – *Com informações da Agência Ansa

  • Compartilhe
  • <