Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Fagner Almeida/ABCCC/Divulgação

28 de janeiro de 2019

Cavalo Crioulo avança em território brasileiro no ano de 2018

A raça Crioula encerrou o ano de 2018 com um crescimento de 3,39% no número de animais registrados no país. No total, são 426,27 mil exemplares no território nacional, contra 412,31 mil animais registrados que fecharam o ano de 2017. O levantamento foi divulgado pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), com base nos dados do Registro Genealógico da entidade.

O maior destaque percentual ficou por conta do crescimento na Centro Oeste do Brasil, com 6,86%, acima da média nacional se somados os três Estados da região mais o Distrito Federal. No total, são 5,63 mil animais registrados no Centro Oeste, enquanto em 2017 este número era de 5,27 mil. Já a região Sudeste, outro foco de fomento da ABCCC, o número de exemplares fechou o ano em 6,79 mil animais, evolução de 2,66%, enquanto no Sul a alta foi de 3,36%, ainda com a grande maioria de 412,63 mil exemplares.

Para o presidente da ABCCC, Francisco Fleck, o contínuo crescimento no Brasil mostra a qualidade do Cavalo Crioulo e que, apesar da crise, há uma evolução em números importantes, principalmente no Centro e Norte do país. “Nestas regiões a raça Crioula vem sendo bem aceita especialmente pela sua qualidade, docilidade para participar de várias provas e também pelo trabalho que a ABCCC vem fazendo com seus técnicos e analistas de expansão que estão trabalhando junto aos criatórios em todo o país para dar suporte a esta evolução que estamos vendo”, destaca.

A realização de eventos nas chamadas regiões de fomento também foram determinantes para a expansão da raça no país. Em 2018 foram realizados 1046 eventos, entre provas e exposições, em oito Estados brasileiros mais o Distrito Federal.

fonte: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

 

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.