Por Fora
das Pistas

Notícias

17 de agosto de 2017

Cavalo árabe reforça presença no sul e mostra habilidades na 40ª Expointer, em Esteio (RS)

Com uma prova por dia de diversas modalidades, o Cavalo Árabe promete empolgar os visitantes da maior feira agropecuária da região Sul e uma das maiores da América Latina, a 40ª Expointer. A raça participará de provas diárias de 26 de agosto a 3 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS).

Divididas nas categorias Aberta, Amador, Jovem, Cavalos Novos e Meio-Sangue, 118 cavalos participarão de provas de Cross Country, Três Tambores, Campereada Individual, Seis Balizas, Rédea Espelhada, Prova Combinada Feminina, Jogo do Pato, Prova Carro-Cavalo, Halter e Liberdade.

“O Cavalo Árabe á a única raça com agenda ativa de provas durante todos os dias da Expointer, além de abrir as competições equestres da exposição. Este ano, o número de animais inscritos aumentou cerca de 20% e isso comprova que a raça se mantém firme apesar do cenário econômico controverso”, explica Leonardo Lamachia, presidente da Associação Gaúcha do Cavalo Árabe.

“A Expointer é o ponto alto da programação anual do Cavalo Árabe no Rio Grande do Sul. Trata-se de um momento muito especial em que a raça pode mostrar todas as suas características em termos de desempenho e beleza racial”, destaca Fabio Amorosino, presidente da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA).

3ª Edição do Jogo do Pato e Prova Carro/Cavalo: Febre na Argentina, a Expointer receberá a 3ª edição do Jogo do Pato (Horse Ball). A prova, que se assemelha a um jogo de futebol, é praticada com as mãos e sob um cavalo e tem por objetivo fazer gols em traves fixadas nas extremidades da pista. A equipe com maior número de gols é a vencedora. Já a prova Carro/Cavalo consiste na realização de trajeto demarcado: uma parte conduzida por um veículo; outra sob um cavalo. A equipe que fizer o percurso em menor tempo vence a competição.

“As provas de rédeas do Cavalo Árabe no Rio Grande do Sul têm crescido consideravelmente. E o número de competidores tem se mantido em um excelente patamar. Na Expointer, presenciaremos toda a funcionalidade da raça em provas funcionais de altíssimo nível e também comprovaremos como a genética gaúcha do Cavalo Árabe tem se aprimorado cada vez mais”, complementa Leonardo.

Open House: No dia 27/08, na pista principal de competições do Cavalo Árabe, após a prova de Halter, haverá amostra de 20 animais para venda na Expointer. Os cavalos são de importantes criatórios da região Sul do Brasil – Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Para mais informações, acesse: www.agca.com.br ou no telefone (51) 99660-8900.

Sobre o Cavalo Árabe: A raça é considerada a mais antiga do mundo, existindo indícios de sua presença e domesticação na Mesopotâmia há cerca de 4000 a.C, onde hoje se localiza o Iraque. No decorrer dos processos de melhoramento genético realizados ao longo de décadas, o Cavalo Árabe tornou-se uma raça de múltiplas habilidades, com capacidade de participação em alto nível em provas tanto de conformação quanto de funcionais.

Sobre a ABCCA: Fundada em 1964 por Aloyso de Andrade Faria e um grupo de amigos, em Belo Horizonte (MG), a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) passou a realizar os registros genealógicos dos animais da raça existentes no Brasil. Com plantel de mais de 40 mil animais puros-sangues árabes registrados, a Associação trabalha intensamente no desenvolvimento e aprimoramento genético da raça, além de realizações de exposições por diversos estados do Brasil e fomento do Árabe no país.

Fonte: SEG

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.