Por Fora
das Pistas

Notícias

18 de novembro de 2015

Cavalgada: um esporte para aliviar o estresse e curtir momentos ao lado do seu cavalo amigo

Um dedinho de prosa com amigos, novas amizades, cantoria acompanhada de uma viola e uma bela paisagem. Tudo isto e mais um pouco pode ser desfrutado numa bela cavalgada. Um passeio tranquilo, gostoso, onde podem participar homens, mulheres, crianças, adultos, enfim, o único requisito é a paixão pela natureza e pelo cavalo.

Paixão esta que a cada ano tem se destacado no meio equino. O mais interessante é saber que o cavalo é tratado como membro da família por muitos criadores e admiradores e está presente em diversas atividades: desde de uma simples cavalgada, passando por esportes equestres e até equoterapia (método terapêutico que melhora o equilíbrio).

Por isso que a procura por estes animais, seja qual for a modalidade, tem crescido a cada ano. Um dos eventos mais procurados é a cavalgada. Considerada como uma mistura de esporte e aventura, muitos aderiram a esta “modalidade” para desestressar da correria do dia a dia, colocar a prosa em dia à beira de uma fogueira, seguida de boas comidas típicas e muita descontração.

Detalhe, destes eventos podem participar veteranos e iniciantes. Se alguém quiser participar de qualquer cavalgada, basta ter vontade, um bom cavalo e animação total. Independente da raça, cor, docilidade, o importante é que haja sintonia entre o animal e o cavaleiro, para que a cavalgada seja realmente descontraída.

E veja….histórias pitorescas não faltam nestes passeios! Cada uma! Hoje, vamos contar as aventuras ocorridas na 4ª Cavalgada Bierrenbacada, realizada nos dias 6 e 8 de novembro, entre as cidades de Águas da Prata (SP) e Andradas (MG). No total, participaram 62 amantes do cavalo (cavalheiros e equipe de apoio), que apreciaram as belezas naturais por onde passavam. Ricardo Valente, um dos membros da equipe organizadora e também cavaleiro, trocou uma prosa com nossa redação e nos contou as aventuras registradas neste passeio.

O mais engraçado foi quando ele comentou que um amigo se inscreveu para participar do evento e tinha medo de cavalo. Foi hilariante! Mas o momento mais marcante aconteceu com uma égua. “Ela, simplesmente, no final do passeio, se deitou e nada fazia com que se levantasse. Vira daqui, vira dali e nada! Todos, sem exceção, estavam muito preocupados com o animal. E o mais interessante nestes eventos é o espírito de solidariedade. Todos os participantes pararam a cavalgada para ajudar o cavaleiro e a égua que estavam com problemas. Depois de muita discussão, deram um medicamento – com a supervisão de um veterinário – e a égua se recuperou para o dia seguinte”, relata Valente.

Como diz o ditado popular: Tudo vale a pena, se a alma não é pequena. E é bem isto que acontece nestas cavalgadas, porque o que vale é curtir o momento. “Nos divertimos, pois além de criarmos novos relacionamentos, sempre trocamos experiências e aprendemos coisas novas. O mais legal de toda esta história, independente da profissão ou nível hierárquico dos participantes, é que todos têm o mesmo objetivo: se divertir e curtir seu cavalo. Animação pura!”, garante Ricardo.

Fonte: LN Comunicação

  • Compartilhe
  • <