Por Fora
das Pistas

Notícias

Franco Bertolani e Inferno Sixty Six

13 de dezembro de 2015

Cavaleiro brasileiro Franco Bertolani no topo da Rédeas mundial!

O 2015 National Reining Horse Association (NRHA) Futurity aconteceu de 26 de novembro a 5 de dezembro, no State Fair Park, em Oklahoma City, Oklahoma/EUA. Para a categoria Aberta (profissionais) esteve em jogo mais de meio milhão de dólares em prêmios e a disputa começou com quase 500 cavalos nas classificatórias. Como de costume, brasileiros fizeram parte dessa disputa e, para um deles, a competição terminou como um sonho.

A final aconteceu no sábado (5/12) encerrando a programação e determinando os campeões 2015 NRHA Open Futurity.  O brasileiro Franco Bertolani, com seu cavalo Inferno Sixty Six, marcou impressionantes 224 pontos. Ele liderava a competição, e estava com a mão na fivela de campeão, até que Casey L. Deary, que apresentou Shesouttayourleague, o último a entrar em pista, marcou a mesma nota.

Decidiram voltar para a pista e realizar o desempate, mantendo a multidão que lotava as arquibancadas do Coliseum muito ansiosa. O brasileiro entrou primeiro, marcando 223,5. Deary queria o título e conseguiu marcar 224,5. Fim de papo. Casey Deary tornou-se campeão 2015 NRHA Lucas Oil Open Nível 4 Futurity. E ficou para Franco o segundo lugar. Mas não foi um vice-campeonato com gosto de derrota. Esse posto jamais foi alcançado por um brasileiro antes.

Para alegria dos brasileiros presentes, e dos milhares de fãs espalhados pelo mundo, plugados ao vivo na transmissão do site da NRHA, Franco Bertolani foi, por alguns minutos, o campeão da prova de maior prestígio da Rédeas mundial. Com duas grandes apresentações, não só mostrou a todos a qualidade de seu trabalho, como também a garra e o talento que o nosso país tem para o esporte. Como prêmio, ele e Inferno 66, de propriedade de Slide Or Die LLC, levaram cerca de US$ 120.000,00.

Franco apresentou três cavalos este ano, levando dois para a final. Com Whizkey N Cash marcou 216, 5 ficando em 19° lugar. Thiago Boechat fez uma boa classificatória e levou Xtra Taris Voodoo para a final, marcando apenas 215,5 e terminando a competição esse ano em 21° lugar, ambos Nível 4. Outro brasileiro foi para a final. Cristiano Coelho competia no Nível 1 e terminou o Futurity em 5° lugar ao apresentar Sugar Pop Go to Town e marcar 211,5.

Mas os bons resultados não pararam por ai. Pela Non Pro, que é a categoria para competidores amadores, Ana Cristina Benevides apresentou Smart Gun N Chic, que ela tinha comprado com auxilio do Deleu Ranch, e estava nos Estados Unidos a sua espera. Fazendo uma boa classificatória, o conjunto competia pelo Nivel 1, foi classificada para a final. Voltou para o Brasil como reservada campeã NRHA Non Pro Futurity Nivel 1, ao marcar 216,5 na final, a quarta melhor nota no geral.

As cores da bandeira do Brasil também foram representadas Marcos Guimarães, Eduardo Ribeiro, Eduardo Salgado, Fernando Salgado, Cristiano Coelho, Roger Barral, Marcelo Cruz, Pedro Baião, Gabriel Diano, Marcelo Almeida (Open) e Daniela Camargo (Non Pro).

Todas as informações: www.nrhafuturity.com

Fonte: Luciana Omena Comunicação

  • Compartilhe
  • <