Por Fora
das Pistas

Acontece

27 de outubro de 2016

Carta Aberta Plínio Soares Junior: ex-presidente da FPH

RENOVAM-SE AS ESPERANÇAS

Prezados parceiros , colaboradores e amigos que tem acima de tudo paixão pelo nosso Hipismo
Quando da minha saída da presidencia da FPH em setembro último criou-se uma expectativa sobre uma eventual candidatura minha para presidência da CBH.

Confesso que cheguei a apensar em levar o tema adiante mas algo me fez conversar mais e repensar.Constatei que não haveria alternativa pois teríamos que ser uma chapa de oposição.Afinal o Ronaldo de Brasília , conforme lhe afirmei, o mesmo se candidatar era legítimo que assim fosse pois foi vice presidente por oito anos e apesar de não ser favorável a reeleição do atual presidente, acatou decisão da AG que optou pela recondução.

Como todos sabem o papel de uma chapa de oposição é ,última linha , combater a situação.Sinceramente combater a situação não seria tarefa difícil por tudo que tem ocorrido nos últimos anos na CBH. Enumerar aqui não seria o caso pois seria enfadonho e repetitivo o que já é do sentimento hípico.

Porém destaco aqui que oficio assinado por mim enquanto presidente da FPH onde apontávamos junto a presidência da CBH flagrante descumprimento do Estatuto da CBH, tema inclusive registrado em ata , este mesmo ofício ainda não foi respondido formalmente pela CBH.Trata-se na minha opinião que SE o artigo 47 do Estatuto de 2015 que refere-se a INSTRUMENTOS DE CONTROL SOCIAL E DE TRANSPARÊNCIA NA GESTÃO não for integralmente cumprido jamais teremos HARMONIA no meio hípico pois para a grande maioria sempre haverá desconfiança da gestão pela obscuridade das decisões e ate de despesas que ocorrem na CBH.

Relembro que o montante que lá circulou nos anos de 2013 a 2015 foram de aproximadamente R$ 37.000.000,00 dos quais 35% de receita própria e o s 65% restante seria de verba pública via lei de incentivo e convenio com comitê paraolímpico. Este na ordem de R$ 2.700.000,00 .

Além disto seria bom comentar que a prestação de contas ainda é fortemente questionada nos Tribunal de Conta da União o que com certeza nos aponta um 2017 muito difícil para a nova gestão.

Para se ter uma ideia da grandeza dos números da CBH a FPH que representa 70% do esporte hípico do Brasil, no mesmo período acima circulou no caixa algo em torno de R$ 4.500.000,00. Ou seja pouco mais que 10% do montante da CBH.Mesmo assim e com todas suas obrigações em dia a FPH conseguiu fomentar junto as suas entidades no período 2013 a 2016 algo em torno de R$ 800.000,00 conforme apontou nossa auditoria.

Aqui é importante ressaltar que a aprovação dos auditores se deu por conta da definição do conceito de fomento que é montante que deixa de entrar no caixa da FPH porque havia autorização de AG para tal ou previsão no nosso orçamento.

Logo com uma gestão focada e transparente na FPH oi possível este apoio, algo que não ocorreu por parte da CBH pois nunca fomos privilegiados com algum tipo de auxilio ou fomento desde que eu assumi a presidência em 10 de janeiro de 2012 até deixar o cargo em 15 de Setembro de 2016.

Para finalizar retomo aqui o titulo acima onde afirmei que renovam-se as esperanças pois estou e de certa forma todos nós estamos confiantes que Ronaldo Bittencourt Filho realmente assumirá a CBH partir de janeiro de 2017 com compromisso e foco em muito trabalho além da busca por conceitos claros e definidos que todo gestão de excelência exige.

Portanto fica aqui meu apoio confiante ao Ronaldo e futura diretoria e me coloco a sua disposição se assim entender.
Faço aqui também meus agradecimentos ao Constantino de São Paulo diretor da CBH, que será o vice presidente estatutário do Ronaldo e Fernando Sperb de Curitiba presidente da Federação Paranaense de Hipismo que será um segundo vice nesta composição que foi feito sob o comando do Ronaldo A ambos bem como ao Ronaldo meu carinho e admiração pela gentileza e compreensão quando de conversas muito frutíferas que tivemos nos últimos 30 dias.

Somente a paixão pelo Hipismo sem a cultura personalista mas com a cultura de fortalecimento das instituições é que poderá SIM promover grandes mudanças em prol do nosso esporte.Como afirmei renovam-se as esperanças mas estou confiante no que vem pela frente.

Muito obrigado a todos

Plinio Soares Junior
Em 26 de outubro de 2016

  • Compartilhe
  • <