Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação

15 de julho de 2017

Capital Federal mostra potencial da raça Crioula em Exposição

Na categoria das fêmeas, uma fila puxada pela douradilha bragada, Dádiva da Gema, abrilhantou a competição das Potrancas Menores. Apontando nos machos, o exemplar zaino negro, RZ Taco da Carapuça, representou a expansão da raça na região central do Brasil ao ser um dos melhores de sua Cabanha (localizada Rio de Janeiro). Assim se fez a Morfologia Passaporte de Brasília (DF), entre os dias 12 e 13 de julho: dando os principais títulos aos oito Crioulos que saltaram aos olhos do jurado Gustavo Weiand e garantindo mais força ao polo de expansão que é a capital do Brasil.

Dádiva da Gema ganhou destaque na competição também com o título de Melhor Exemplar da Raça – decisão que, segundo o avaliador da prova, se deu por conta de uma melhor linha de lombo, assim como os aprumos, cabeça e pescoço. O que gerou muita satisfação à proprietária Rita de Cássia de Sousa, que também passaporteou a Reservada Grande Campeã, Cobiçada da Gema. “Desde que as duas foram resenhadas, o técnico já via muito potencial nelas. Por isso, acreditávamos muito em um bom resultado. Elas também são as duas primeiras potrancas saindo pra Morfologia da Expointer com o nosso afixo, é muito orgulho”, contou Rita, cuja Cabanha possui apenas cinco anos de criação.

Passaporteando o macho pelo terceiro ano consecutivo esteve Luis Araripe, criador do Rio de Janeiro há 12 anos. “Eu comprei ele para montar, mas o cavalo acabou se destacando tanto, em todos os sentidos, que hoje a nossa criação é toda alicerçada nele. É um cavalo muito dócil, fácil de lidar”, destacou o proprietário que também tentará uma vaga na Classificatória ao Freio de Ouro de Brasília com outro animal.

A Morfologia Passaporte de Brasília (DF) foi promovida pelo Associação dos Criadores de Cavalos Crioulos do Distrito Federal e, assim como todo o circuito, conta com o apoio do Banrisul, Supra e Vetnil.

Confira o resultado  

FÊMEAS

 

Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça

Dádiva da Gema, filha de AS Malke Tormento-TE e Fartura do Ribeirão; criadora e expositora Rita de Cássia de Sousa; Haras Santa Rita, Cocalzinho de Goiás/GO

Reservada Grande Campeã

Cobiçada da Gema, filha de Rodopio de São Pedro e Arteira de Santa Juvita; criadora e expositora Rita de Cássia de Sousa; Haras Santa Rita, Cocalzinho de Goiás/GO

Terceira Melhor Fêmea

Jóia Rara do Imbuial, filha de Hecho a Mano de Santa Edwiges e Três Cerros Senhorita; criador e expositor Evaldo Mendes Taborda, Cabanha Santa Luzia do Imbuial, Curitiba/PR

Quarta Melhor Fêmea

Inspiração da Tamareira, filha de Buenaço da Maior e Debochada do Macanudo; criadores e expositores Carla Musa e Onécio Prado Júnior, Estância Tamareira, Santa Rita do Passa Quatro/SP

MACHOS

Grande Campeão

RZ Taco da Carapuça, filho de BT Lamborguine e SJ Milonga; criador Rubens Zogbi e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ

 

Reservado Grande Campeão

HMR Hijo Bueno, filho de OK Guarani e BT Urna; criador Marco Antônio Reusing e expositores Marco Antônio Reusing e Charles Rovigo, Cabanha Los R’s, Mafra/SC

Terceiro Melhor Macho

Influente 1561 Maufer, filho de Escalpo 1011 Maufer e El Olvillo Mapuchona; criador e expositor Jucelda da Silva Pontes, Cabanha Raízes do Sul, Brasília/DF

Quarto Melhor Macho

Legionário da Santa Madre, filho Buen Abrigo do Rocio e Ladainha do Purunã; criadores Luis Eduardo e Rodolfo Moraes e expositor Felipe Puppi Ribas, Fazenda Nossa Senhora do Rocio, Balsa Nova/

Fonte: Marina Bonati/ABCCC

 

 

 

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.