Por Fora
das Pistas

Notícias

6 de janeiro de 2020

Cabanha Tupambaé abrirá agenda de leilões da raça Crioula

A largada para as vendas da raça Crioula em 2020 será dada no dia 11 de janeiro, sábado, na sede da tradicional Cabanha Tupambaé, em Dom Pedrito (RS). O criatório colocará em pista 80 lotes, entre animais e coberturas, a partir das 13h30min, com transmissão ao vivo do Canal Rural.

O mercado terá acesso a potras e potros, éguas de cria, éguas domadas e cavalos castrados. Também serão oferecidas coberturas de Quício Tupambaé, 9º colocado no Freio de Ouro 2019, e Sedutor Tupambaé, pai de 16 exemplares pontuados no Registro de Mérito da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

– É uma oferta bem variada e que reflete um pouco da nossa incessante busca pelo equilíbrio entre morfologia e função. Não vejo os compradores como clientes, mas como parceiros para dar sequência a esse nosso trabalho – ressalta o criador Oswaldo Dornelles Pons, proprietário da cabanha.

Ultrapassando a marca de 5 mil animais registrados, a seleção Tupambaé é conhecida por ser base de muitos criatórios e produtora de expoentes, como os dois irmãos inteiros campeões do Freio de Ouro: Itaí Tupambaé, vencedor da primeira edição, em 1982, e Nobre Tupambaé, ganhador em 1990 e grande reprodutor da raça.

Um dos destaques do leilão promete ser Jabianca Tupambaé, retirada da reserva de mães da cabanha. Está prenhe de Sedutor Tupambaé, mesmo acasalamento que gerou a melhor potranca da geração 2018. Entre os animais jovens que estarão à venda, as apostas são Dinastia II e Dejanira Tupambaé, ambas premiadas em exposições Incentivo.

O Remate Tupambaé ainda terá uma oferta especial de bovinos da raça Galloway, de origem escocesa e rara no Brasil. Serão negociados dois touros e quatro ventres. A condução do martelo ficará por conta de Fábio Crespo, a cargo das empresas Parceria Leilões e Programa Leilões.

Fonte: Estela Facchin; Foto: Ricardo Moglia Pedra

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.