Por Fora
das Pistas

Notícias

Foto: Trajano Silva Remates/Divulgação

16 de outubro de 2017

Cabanha Campana fecha leilão em Bagé com liquidez

A noite de sexta-feira, 13 de outubro, na Associação e Sindicato Rural de Bagé (RS), foi marcada pela 16ª edição do remate da Cabanha Campana. Em um recinto prestigiado, o leilão, a cargo da Trajano Silva Remates, alcançou um faturamento de R$ 718 mil na venda de 43 lotes de cavalos da raça Crioula. A média do remate, que contou também com a Cabanha Santa Leontina como convidada especial, fechou em R$ 16,69 mil por lote.

Conforme o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, a pista limpa deu o tom do leilão, assim como as médias, que foram positivas na avaliação do escritório. “Foi um leilão que o seu principal destaque foi a liquidez. Além disto, consideramos a média muito positiva levando em conta que tínhamos muitos cavalos castrados, o que foi uma surpresa para nós a valorização dos mesmos, inclusive com vendas para outras regiões do Brasil”, salienta.

O principal destaque de comercialização da noite foi a égua Campana Raísa, vendida pelo valor de R$ 80 mil. Considerada um ventre de exceção, é filha do Bocal de Prata Campana Guasquero. Sua mãe é consagrada como matriarca e descende do também Finalista do Freio de Ouro, BT Juruna, além de ser campeã em diversas Exposições Morfológicas e semifinalista do Freio de Ouro.

Fonte: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.