Por Fora
das Pistas

Notícias

Fotos: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação

18 de julho de 2016

Brasília apresenta os últimos finalistas do Freio de Ouro

Como já vem se tornando tradicional com o passar dos anos, o ciclo de semifinais ao Freio de Ouro chega ao fim na pista de Brasília (DF), onde a Classificatória Aberta desta vez preencheu mais oito vagas na decisão. No Parque de Exposições Granja do Torto, entre os dias 15 e 17 de julho, liderados pelos vencedores Cacimba do Purunã e Hora Certa Cimarron, um total de 41 animais (16 fêmeas e 25 machos) competiram em busca dos lugares restantes no grupo que vai à Expointer.

Com todos em busca de uma vaga, já era de se esperar uma disputa acirrada do início ao fim. E assim foi. Sem previsibilidade alguma, a égua Cacimba do Purunã foi subindo no ranking parcial à medida que as provas iam sendo cumpridas. A liderança só chegou na última etapa da fase final, fazendo com que a Estância São Rafael, de Balsa Nova/PR, tenha garantido o seu terceiro animal na decisão da temporada 2016.

Na categorias dos machos, a vitória ficou com Hora Certa Cimarron, rosilho mouro da Cabanha Santa Aurora de Uruguaiana (RS). Uma conquista que foi obtida passo a passo. Nas provas da primeira fase da semifinal, o garanhão não chegou a liderar, mas se manteve sempre entre as primeiras três colocações. Foi somente na fase final que o desempenho certeiro garantiu a liderança que permaneceu até a última corrida da prova de Campo. De acordo com o veterinário responsável pelos animais da cabanha, Fabrício Faria Corrêa, a longa viagem até a Capital Federal não era a primeira opção, mas acabou se tornando a escolha certa. “Queríamos competir com ele já em Vacaria, que seria a nossa região, mas uma lesão acabou impossibilitando que fossemos. Então, apesar de distante, viemos aqui e essa vitória é uma grande satisfação. Estar na final do Freio já é algo bom, mas ganhar a Classificatória pesa mais ainda”, diz.

Depois de cinco meses de intensa seleção da raça em um total de dez etapas classificatórias, a última delas não podia ser diferente. “Acho que todos merecem ser parabenizados. Sabemos que muitos destes cavalos que estão aqui vem de um esforço muito grande, por já ter corrido outras provas, mas acredito ser uma grande vitória para a raça. Encerramos um ciclo com chave de ouro”, avalia o jurado Eduardo Neto de Azevedo, responsável pelo levantar de placas ao lado de André Luiz Narciso Rosa e Marco Antônio Stumpf. Também houve espaço para premiar aquele se destacou na condução dos animais em pista. Felipe Mello da Silva foi eleito pelos jurados o Ginete Destaque da semifinal.

Agora a decisão é na Casa do Cavalo Crioulo, entre os dias 25 e 28 de agosto, durante a Expointer no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). O circuito do Freio de Ouro conta com o patrocínio de Ipiranga, Massey Ferguson, Ford e com o apoio da Supra. A organização do evento é da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

Confira o resultado

FÊMEAS

1º lugar
Cacimba do Purunã, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/PR
Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Nota: 18,658

2º lugar
Unha de Gato do Amanhecer, criador e expositor Fábio Bellotti Moura, Cabanha Nova Querência, Brasília/DF
Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Nota: 18,622

3º lugar
Madona dos Três Pinhais, criador Vilson Aozane Bilibio e expositor Rogério Bronzatto, Cabanha Raio de Bronze, Ijuí/RS
Ginete: Charles Fagundes. Nota: 18,581

4º lugar
Xixa do Amanhecer, criador: e expositor Fábio Bellotti Moura, Cabanha Nova Querência, Brasília/DF
Ginete: Felipe Mello da Silva. Nota: 18,110

MACHOS

1º lugar
Hora Certa Cimarron, criador e expositor Fernando Fabrício De Faria Corrêa e Filhos, Estância Aurora, Uruguaiana/RS
Ginete: Fábio Teixeira da Silveira. Nota: 19,495

2º lugar
Entrevero Della Tersa, criador e expositor Vagner Cortelini Cabanha Della Tersa, Fagundes Varela/RS
Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Nota: 19,152

3º lugar
Algo Tengo do Purunã, criador Mariano Lemanski e expositor Parceria Gutheil Corá/Vasco A. Gama Fº, Cabanha Meia Volta E Bom Fim, Tapes e Guaíba/RS
Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Nota: 18,629

4º lugar
Ituberá Comandante, criador e expositor Andrei Bossi, Cabanha Santo Expedito, Mafra/SC
Ginete: Francisco Kras Alves. Nota: 18,265

Fonte: Francine Neuschrank/ABCCC

  • Compartilhe
  • <