Por Fora
das Pistas

Acontece

Pedro Veniss em ação em Barcelona (FEI/Richard Juilliart.)

26 de setembro de 2015

Brasil é segundo colocado no Longines Challenge Cup, em Barcelona

A equipe brasileira terminou em segundo lugar (12 pontos perdidos), empatado com França e Austrália, no Longines Challenge Cup, em Barcelona, prova realizada nesta sexta-feira com os 11 dos 19 países que disputaram a final da Copa das Nações. O Brasil foi representado por Doda Miranda / AD Living The Dream, Marlon Zanotelli / Rock’n Roll Semilly, Pedro Veniss / Quabri de L Isle e Felipe Amaral / Premiere Carthoes BZ. O Catar foi o campeão com oito pontos perdidos.

O cavaleiro paulista Pedro Veniss e Quabri de L Isle abriram a prova para o Brasil e mais uma vez o conjunto zerou o percurso. Em seguida, Felipe Amaral, que entrou na equipe já que Rodrigo Pessoa poupou Status, fez oito pontos perdidos. Doda Miranda fez uma falta e Marlon Zanotelli, escolhido para fechar a participação da equipe brasileira, cometeu três faltas (12 pontos), e foi o resultado descartado do Brasil. Neste sábado (26/09), Bélgica, Alemanha, Suécia, Grâ-Bretanha, Estados Unidos, Holanda, Irlanda e Suíça disputam a grande final da Copa Nações.

Pedro Veniss ganhou um bônus de 50 mil euros por ter conseguido dois percursos sem faltas, o que mostra a excelente fase do seu cavalo Quabri de L Isle. “Estamos no caminho certo e estou muito contente de ter um cavalo como ele e poder tentar realizar o sonho de disputar uma Olimpíada no Rio de Janeiro”, comentou Pedro Veniss.

A participação do Brasil na etapa final da Copa das Nações faz parte da estratégia de preparação da equipe brasileira para os Jogos Olímpicos do Rio-2016 numa parceria entre a Confederação Brasileira de Hipismo, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e o Ministério do Esporte.

Fonte: MktMix Assessoria de Comunicação

  • Compartilhe
  • <