Por Fora
das Pistas

Notícias

Yuri e Casantos em salto perfeito; img: Sportfot - facebook Jumping Valence

3 de setembro de 2019

Bost fatura o GP na França. Yuri Mansur, do Brasil, em 3º

O Grande Prêmio poderia ter sido dominado por uma geração mais jovem, depois da qualificação na primeira rodada, de quatro cavaleiros que tinham cerca de trinta anos (e alguns até mais jovens). Dos 50 cavaleiros, 7 zerados se qualificaram para o desempate.

Titouan Schumacher, da França, (25 anos), com Atome Z, e Lucas Porter, dos EUA, (22 anos), com C Hunter, o francês Emeric George (30 anos) com Chopin des Hayettes, o conjunto que foi terceiro no  Grande Prêmio 3* de Valence na semana passada e o irlandês Anthony Condon (32 anos), com SFS Aristio, foi o primeiro a zerado na primeira rodada.

Eles tiveram menos sorte no desempate: todos cometeram uma ou duas faltas .

Ainda na primeira rodada, os três seguintes cavaleiros qualificados tiveram mais alguns anos de experiência, que visivelmente fizeram a diferença no percurso delicado de Grégory Bodo, o designer francês.

O francês Roger-Yves Bost com a Sangria du Coty, teve o primeiro double clear. Depois dele, o Yuri do Brasil (40 anos) com Casantos e Dayro Arroyave, da Colômbia, também com 40 anos, com um cavalo que ele acabou de começou a montar, Jimcy du Lys, de propriedade do Haras des Grillons, também conseguiram saltar a segunda rodada zerada, mas terminou muito atrás de Bosty o imbatível!

“Estou muito feliz por finalmente ter ganho este Grand Prix! (risos). Eu venho para Valença desde a primeira edição e não tive sucesso no passado. Sangria foi incrível hoje. Ela pulou a primeira rodada muito bem e ela voou sobre o desempate. Desde o início tem sido um evento em que você se sente à vontade, que acolhe os cavaleiros e os cavalos em perfeitas condições.

Para Sadri Fegaier, presidente da Hubside Jumping International de Valence, empresário de sucesso e cavaleiro experiente, “essas duas semanas permitiram que muitos membros do público desfrutassem de um esporte em seu nível mais alto, totalmente gratuito”.

O organizador felicitou calorosamente seu amigo, o vencedor Bosty, com quem ele participa como atleta na Liga dos Campeões Global, como parte da equipe do Chantilly Pegasus.

Acima de tudo, ele anunciou o retorno do selo 5 * no próximo ano à Hubside Jumping International de Valence; Como resultado da competição com o Campeonato Europeu de Salto em Show em Roterdã, o Hubside Jumping International de Valence não recebeu esse selo em 2019, apesar de possuir a mesma quantia em dinheiro. Em 2020, o Haras des Grillons, no coração de La Drôme des Collines, recuperará suas 5 estrelas e preservará a atmosfera acolhedora apreciada por todos os pilotos.

Resultado Hubside 4* Grand Prix
1.Roger-Yves Bost (FRA) & Sangria du Coty – 0 / 0 / 38:14
2.Dayro Arroyave (COL) & Jimcy du Lys – 0 / 0 / 41:45
3.Yuri Mansur (FRA) & Casantos – 0 / 0 / 43:35

Veja aqui o resultado completo.

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.