Por Fora
das Pistas

Notícias

Ingmar De Vos. foto: reprodução FEI

7 de dezembro de 2018

Apoio unânime à reeleição de Ingmar De Vos como Presidente da FEI

Ingmar De Vos foi reeleito sem oposição como Presidente da FEI na Assembléia Geral em Manama (BRN), onde se comprometeu a ampliar o sucesso de seu primeiro mandato.

O nativo belga recebeu apoio unânime para um segundo mandato de quatro anos representando as 133 Federações Nacionais da FEI.

É a primeira vez desde 2002 que acontece uma eleição incontestável para o papel principal da FEI. O nativo belga é o 13º presidente da FEI desde que a Federação foi fundada em 1921, e somente a quarta se tornou um membro do COI.

“Acredito em nosso esporte, em nossa comunidade e em nosso potencial”, disse Ingmar De Vos em um poderoso discurso de aceitação após uma ovação prolongada dos presentes. “Estes são tempos excitantes para o hipismo. Estamos crescendo, nossa base de fãs está se diversificando e temos sete disciplinas incríveis e únicas para promover – o céu realmente é o limite!

“Juntos – e esta é a palavra chave – juntos podemos e vamos continuar a desenvolver o nosso esporte e atrair novos atletas, novos fãs e novos patrocinadores. E faremos isso garantindo grande esporte, formatos de ponta e ótimos produtos em todo o mundo para mostrar os atributos únicos de nossas disciplinas e nosso esporte.

“Uma das minhas maiores prioridades é manter nossa comunidade unida e garantir que permaneçamos unidos, porque é assim que podemos continuar levando o esporte a novos patamares. Estamos todos juntos nessa jornada. Não é a missão de um homem, mas de uma comunidade, e agradeço a todos nesta sala por tudo o que alcançamos e por tudo o que conseguiremos alcançar ”.

Ele deu um voto sincero de agradecimento à sua esposa Sabine e aos quatro filhos do casal pelo apoio inesgotável, antes de agradecer à sua predecessora, a Princesa Haya al Hussein, por sua liderança visionária e seu mentor, o falecido Jacky Buchmann, ex-presidente da organização. Federação Equestre Belga.

Sob sua liderança, a FEI tem visto maior engajamento e universalidade dos jovens, melhorias contínuas na governança dentro da FEI e de suas Federações-membro, e uma grande evolução na estratégia de transmissão e mídia digital da Federação.

Em seu Programa Presidencial para 2018-2022, Um Roteiro para o Futuro, Ingmar De Vos prometeu continuar trabalhando dentro dos cinco pilares sobre os quais ele estruturou seu primeiro mandato, cada um com seu próprio conjunto de compromissos-chave. Os cinco pilares estão servindo nossa comunidade; Esporte: Nosso Core Business; Esporte Equestre nas Olimpíadas; Solidariedade: o motor do desenvolvimento; e cavalos como nossos parceiros.

Sob a constituição da FEI, um presidente pode servir até três mandatos de quatro anos. Ingmar De Vos foi eleito pela primeira vez em 2014 na Assembléia Geral da FEI em Baku (AZE) após três anos como Secretário Geral da FEI na Sede da FEI em Lausanne (SUI).

De Vos (55), eleito membro do COI em setembro de 2017, também é membro da Força Tarefa de Governança da Associação de Federações Internacionais Olímpicas de Verão (ASOIF), membro de duas Comissões do COI (Assuntos Jurídicos e Digital & Tecnologia), e faz parte do conselho do Comitê Olímpico Nacional Belga.

No início deste mês, ele foi nomeado para o Conselho da Associação Internacional de Federações Esportivas Internacionais (GAISF) e como representante da GAISF no Comitê Executivo da Agência Mundial Antidoping (WADA), substituindo o falecido Patrick Baumann em ambas as funções. De Vos assumirá o cargo da WADA em 1º de janeiro de 2019.

Mais sobre Ingmar De Vos

Nativo belga, Ingmar De Vos nasceu em 5 de agosto de 1963. É formado em ciências políticas, direito internacional e europeu e iniciou sua carreira como conselheiro do Senado belga. Ele entrou para a Federação Equestre Belga como diretor administrativo em 1990 e ocupou o cargo adicional de Secretário Geral de 1997 a 2011.

Durante seu tempo na Federação Nacional da Bélgica, Ingmar De Vos foi chefe de missão da equipe belga em todos os seis Jogos Equestres Mundiais da FEI entre 1990 e 2010 e em três Jogos Olímpicos – Sydney 2000, Atenas 2004 e Pequim 2008. Ele é um membro da Academia Olímpica Belga. Ele foi co-fundador da Federação Equestre Européia em 2010 e também foi Secretário Geral de 2010 a 2011, quando ingressou na FEI.

Depois de três anos como Secretário Geral da FEI, Ingmar De Vos foi eleito presidente da FEI em dezembro de 2014.

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.