Por Fora
das Pistas

Hall da Fama

Ana Victoria e Fleur de Vauxelles

26 de agosto de 2015

Ana Victoria Campelo em conversa exclusiva com o PFDP. Confira!

Ana Victoria Campelo começou o ano de 2015 com tudo. Aos 20 anos a amazona carrega um extenso currículo de títulos entre eles os três dessa temporada: Campeã Gaúcha de Amazonas Top, Young Rider e Sênior Top.

Nome completo: Ana Victória De Lorenzi Campelo
Idade: 20 anos

PFDP: Desde quando pratica o hipismo?
Eu monto desde os 6 anos de idade.

PFDP: Onde começou a montar?
Comecei a montar em Santa Catarina.

PFDP: Poderia citar os títulos mais marcantes?
Fui tri-campeã de mini-mirim em Santa Catarina e depois fui montar no Rio Grande do Sul, mas continuo morando em Floripa. No RS fui bi-campeã gaúcha de mirim, campeã no pré-júnior, bi-campeã gaúcha de amazonas, campeã gaúcha de jovens cavaleiros e esse ano mais essas 3 conquistas: Campeã Gaúcha de Amazonas Top, Campeã Gaúcha Young Rider e Campeã Gaúcha Sênior Top.

PFDP: Com quem treina atualmente?
Treino com o Cristiano Quadros De Castro.

PFDP: Conte-nos sobre sua égua.
Fleur de Vauxelles, uma égua sela belga de 10 anos. A minha história com ela é bem interessante porque ela é uma égua bem complicada na questão de saúde, por ela além de ser muito magra, ainda fica nervosa durante as competições e acaba atacando o problema de gastrite. Então nós estamos sempre controlando ela nessa questão…. Quando conhecemos ela (eu, meu treinador, veterinário e o “paitrocinador” rs) vimos que era uma égua espetacular mas que eu teria algumas dificuldades em monta-la porque além de ser muito diferente da égua que eu montava antes, ela vivia me jogando longe toda vez que íamos saltar, por causa da potência e do pé dela que é algo extraordinário. Chega a ser engraçado falar sobre isso agora, mas uns 6 meses depois de começar a montar ela eu terminava os treinos e chorava dizendo que nunca ia conseguir monta-la, que isso nunca ia dar certo, comecei até a duvidar de mim mesma no hipismo. E hoje graças a persistência, tanto minha, quanto do meu pai, treinador e veterinário ela vem nos enchendo de alegria com todos esses títulos.

PFDP: Já sabe os próximos desafios com ela?

Os próximos desafios com a égua agora são: esse final de semana o brasileiro de Sênior, em Curitiba, depois o Brasileiro de Amazonas, em São Paulo. Em novembro estou convocada para representar o Brasil no Sul-Americano com o meu terceiro lugar no brasileiro de YR. Em longo prazo quem sabe daqui a alguns anos estejamos em uma olimpíada!!! Hehe.

  • Compartilhe
  • <