Por Fora
das Pistas

Notícias

American Pharoah, vencedor da Tríplice Coroa Americana; foto: Reprodução/Instagram

15 de dezembro de 2015

American Pharoah, o cavalo celebridade nos Estados Unidos

Ele tem fã clube, precisa de escolta policial quando chega e é tratado como celebridade. Neste ano, concorre ao título de esportista do ano da revista Sports Illustrated. O astro em questão não é jogador, técnico e nem sequer humano: trata-se de American Pharoah, um cavalo americano que fez história nesta temporada e por isso briga pelo prêmio com alguns dos maiores esportistas do planeta.

O cavalo divide a lista de finalistas com nomes como Lionel Messi, Usain Bolt, Ronda Rousey, Novak Djokovic, Serena Williams e mais seis competidores. Ele se credenciou para a disputa ao vencer a chamada Tríplice Coroa Americana, um conjunto de três provas tradicionais de corrida que não tinham o mesmo campeão havia 37 anos.

American Pharoah é tratado como um rei. Seu transporte entre cidades é feito em um avião especializado. Nos lugares de competições, mais de uma vez foi escoltado pela polícia local. Fãs se aglomeram para ver o cavalo de perto. Neste ano, ao descobrirem que Pharoah gosta de cenouras, torcedores tentaram presenteá-lo com o legume, mas não sabiam de um detalhe: ele só come cenouras descascadas.

Avaliado em cerca de R$ 200 milhões, o cavalo tem até uma expressão que denomina seu fã clube. Se Neymar tem suas “neymarzetes”, Pharoah tem os “pharoahites”. Somadas suas contas no Facebook, Instagram e Twitter, são mais de 130 mil fãs.

Isso explica por que, ao vencer a Tríplice Coroa, seu desembarque foi acompanhado ao vivo por emissoras de televisão. Até a Vogue, uma das mais importantes revistas de moda do mundo, se derreteu por Pharoah e simulou sua capa com o cavalo como estrela. A foto foi feita pelo mesmo profissional que clica modelos famosas.

O cavalo já desfrutava de toda essa fama ao faturar a Tríplice Coroa, mas ainda foi além nesta temporada. Em outubro, ganhou a Breeders’ Cup, fechando o ciclo de vitória conhecido como Grand Slam. “Nunca vi ou treinei um cavalo como ele”, derreteu-se seu treinador, Bob Baffert. “É o cavalo mais brilhante que já vi. Ele é muito raro, corre com o coração e é extremamente rápido”, comemorou seu proprietário, Ahmed Zayat.

American Pharoah agora curte o fim de ano em seu estábulo sendo muito bem tratado, como de costume. Cenouras descascadas e tudo do bom e do melhor para o cavalo que pode desbancar Messi, Bolt, Djokovic, Serena e Ronda Rousey de uma só vez.

Fonte: Uol

  • Compartilhe
  • <