Por Fora
das Pistas

Notícias

Ramon, Adriana, Ronaldo, Gustavo, Ramon, Leandro e Arthur

2 de janeiro de 2018

Alunos para lá de especiais rompem limites em projeto social

As limitações são fronteiras criadas apenas pela nossa mente. Quando conseguimos transpor essas barreiras, rompendo paradigmas, acabamos expandindo nossa capacidade para níveis inimagináveis. É assim com os seis alunos do projeto Hipismo Especial, desenvolvido junto ao Centro Hípico Manège Metzler, em Campo Bom.

No Hipismo Especial é utilizado o cavalo como um recurso terapêutico para auxiliar no desenvolvimento psicossocial de pessoas portadoras de necessidades especiais. Além disso, o projeto tem o objetivo de proporcionar ao atleta, atividades específicas que auxiliem no desenvolvimento de suas potencialidades, respeitando o limite de cada um.

O Hipismo Especial tem como base a prática de atividades equestres e também técnicas de equitação. Essas atividades fazem parte do tratamento, complementam a recuperação e reeducação motora, mental e psicossocial de cada aluno. É no Hipismo Especial que o praticante entra em contato com vários acontecimentos ao mesmo tempo, fazendo com que o mesmo vivencie ações, reações e informações.

O GRANDE EXEMPLO DO CAMPEÃO RAMON

O projeto nasceu de um sonho. Ramon Kray, hoje com 33 anos, com paralisia cerebral, iniciou aos 12 anos, a Equoterapia* para buscar a evolução motora. “Meu desejo é inspirar e apoiar jovens especiais para que eles tenham esta mesma oportunidade de crescimento e realização pessoal”, ressalta Kray.

Ele compete há 10 anos e já faturou os primeiros títulos de expressão. “O Hipismo contribuiu de maneira muito importante para minha evolução. À medida que consegui dar os primeiros passos e atingir alguns objetivos, ganhei confiança e auto estima, percebendo também todos os outros benefícios que o esporte me proporciona. Assim, fui capaz de ir além de limites pessoais que eu mesmo não imaginava ultrapassar”.

* Equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais.

PAIS CONFIRMAM EVOLUÇÃO

Ver a evolução e o desenvolvimento de um filho é talvez a parte mais gratificante de ser pai. E isso é ainda mais forte quando o filho possui alguma necessidade especial. Essa evolução é sentida pelos pais dos participantes do Hipismo Especial. “Notamos uma evolução muito grande. Antes o Ramon vivia tropeçando e tinha muita dificuldade em andar. Hoje a coordenação e equilíbrio dele estão muito melhores. Ele tinha muitas convulsões e hoje não tem mais”, disse Adão Warken, pai de Ramon, 28 anos, vítima de epilepsia de difícil controle, participante há 3 anos do projeto. Os cavalos participantes do projeto são Poeta e Luna.

EQUIPE DE PESO COORDENA O PROJETO

O Hipismo Especial conta com uma qualificada equipe de coordenadores, que buscam incansavelmente, o progresso dos alunos. As aulas acontecem semanalmente. “É uma satisfação muito grande acompanhar de perto a evolução de cada participante, tanto na equitação como na vida pessoal”, destaca Thomas Metzler, coordenador do projeto e proprietário do Manège Metzler.

O instrutor é o multicampeão de hipismo Gustavo Xavier, com mais de 30 anos de experiência, tendo no currículo títulos estaduais e nacionais. “Esses alunos vêm nos trazer vida. Eles nunca estão tristes e estão sempre nos trazendo alegria. Acredito muito na capacidade de crescimento destes jovens e tenho certeza que o Hipismo Especial trará muitos frutos positivos para os participantes e seus familiares”, afirma Xavier.

O projeto também conta com a pedagoga Adriana Renner, que acompanha, de perto, toda a evolução dos alunos. “Esse contato com os cavalos possibilita trabalhar com a auto estima e coordenação dos alunos. É gratificante ver eles rompendo os seus próprios limites. Aqui eles têm desafios”, salientou. O projeto conta ainda com um suporte para as famílias dos participantes.

COMO PARTICIPAR/AJUDAR
Interessados em participarem do projeto devem procurar o instrutor Gustavo Xavier, através do telefone 98415-6517. Empresas também podem ajudar o projeto financeiramente, patrocinando e apadrinhando alunos.

Fonte: A Gazeta GB

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.