Por Fora
das Pistas

Notícias

19 de maio de 2019

Alter do Chão cria Horse Summit para pensar economia do cavalo

Indústria dos Cavalos é o motor de várias regiões do País. Alter do Chão quer centralizar debate para pensar esta indústria

A seguir Vila Galé vai construir hotel de 4 estrelas na Coudelaria de Alter Mais Vistas Motorola One Tecnologia 9 melhores smartphones que pode comprar até 300 euros divórcio Carreiras Estas são as profissões que ‘provocam’ mais divórcios manta rota viagens

Leva o nome de Portugal a todo o mundo e traz inúmeros turistas ao Alentejo e Ribatejo. O Cavalo Puro Sangue Lusitano é o centro econômico de várias cidades do País. Mas quanto vale? Quantas empresas mobiliza? Qual o retorno que entrega à economia? E, mais importante, como é que Portugal pode potenciar este produto que é tão genuíno? As respostas vão ser dadas, precisamente, daqui a um ano, explicou ao Dinheiro Vivo, Francisco Reis, presidente da Câmara de Alter do Chão.

“Alter do Chão vai organizar a primeira Horse Summit, uma cimeira que pretende pensar a importância do Cavalo. É uma iniciativa inédita, que vai juntar vários especialistas, e que vai ajudar a perceber o impacto que o cavalo tem na nossa economia e na nossa região”, adiantou o autarca, que quer centralizar em Alter do Chão um debate que ainda não se fez em Portugal.

A European Horse Network estima que o impacto total do “mundo dos cavalos” na Europa ascenda a mais de 100 mil milhões de euros por ano, um valor que envolve várias indústrias. A Europa é a região do mundo onde o impacto do Cavalo é maior, sendo estimada uma coleta de impostos em torno dos 5 mil milhões de euros. Ao nível do emprego, os números são igualmente grandes: estima-se que existam 400 mil empregos a tempo inteiro na Europa.

Na Horse Summit, que se realiza daqui a um ano, será também apresentado um estudo pedido pela Câmara à consultora EY e que pretende perceber o impacto do cavalo na economia nacional. Os últimos dados conhecidos remontam a 2010, altura em que Portugal contava com 5000 éguas reprodutoras e cerca de 1000 criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano.

O anúncio da Cimeira foi feito esta quarta-feira no primeiro dia da Festa do Cavalo 2019 e contou com a presença de Luís Capoulas Santos, ministro da Agricultura e de Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo. Alter do Chão investiu recentemente 25 milhões de euros na modernização de Coudelaria de Alter e vai receber a nova unidade hoteleira do grupo Vila Galé, ao abrigo do programa Revive, que envolve um investimento de nove milhões de euros. A ideia é criar um hotel temático, que possa dar continuidade à vinda de turistas para aquele município. Terá 76 quartos distribuídos pela casa de campo, antigas cavalariças, pelo edifício administrativo e pelas antigas pocilgas da Coudelaria Real.

Fonte:Dinheiro vivo

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.