Por Fora
das Pistas

Notícias

O leilão ofertou lotes da mais alta genética da raça Lusitana. Foto: Bruna Briet.

6 de outubro de 2017

3º Leilão Genética de Campeões movimenta o mercado do cavalo Lusitano

O 3º Leilão Genética de Campeões movimentou o mercado do Puro Sangue Lusitano na tarde do sábado 30 de setembro. Realizado nas dependências da Central Veterinária de Equinos, no município de Guararema (SP), o evento ofertou 39 lotes, entre os quais estavam animais para passeio e a prática de esportes, potros e potras com futuro promissor nas pistas de julgamento, matrizes comprovadas e coberturas de garanhões consagrados na raça.

De acordo com a Central Veterinária de Equinos, empresa responsável pela organização do evento, o lote mais valorizado do remate foi composto pela égua Imaculada EG, produto do cruzamento entre Xicabom CSN e Xantina do Top. Vendida pelo selecionador José Rebouças, titular da Coudelaria Rebouças e diretor da Central Veterinária de Equinos, a jovem fêmea de pelagem castanha mereceu um investimento de R$ 43,2 mil por parte do criador paulistano Eduardo Galione.

Por sua vez, o principal comprador do 3º Leilão Genética de Campeões, cuja cotação média alcançou a cifra de R$ 14,8 mil, foi o criador curitibano Ozir Lara, com a realização de um investimento de R$ 55,8 mil na aquisição de três animais.

“Acredito que o Leilão Genética de Campeões proporcionou a todos uma tarde muito especial de celebração do cavalo Lusitano. As cerca de 500 pessoas que estiveram presentes ao evento puderam desfrutar de um ambiente de muita amizade e descontração ao mesmo tempo em que realizaram ótimos negócios. Além disso, este foi um remate que ofereceu boas opções tanto para quem estava em busca de animais para esporte e lazer como para aqueles que procuravam a mais alta genética da raça para aprimorar seus plantéis”, analisa José Rebouças.

Conduzido pelo leiloeiro rural Eduardo Vaz, o 3º Leilão Genética de Campeões contou com a participação de um conceituado grupo de vendedores, composto por: Haras do Drosa, Haras do Castanheiro, Coudelaria Rocas do Vouga, Coudelaria Luso Brasileira, Haras Perrone, Haras HCI, Haras Monsanto, Coudelaria dos Damas, CT Luciano Pereira, Cabanha Arrulha e Coudelaria Rebouças.

O evento teve ainda uma bonita homenagem à matriz Uruguaia da Arrulha. A trajetória da bela fêmea castanha, que brilhou nas pistas de julgamento e consagrou-se como uma das grandes reprodutoras da raça, foi lembrada em um emocionante vídeo e no discurso do anfitrião José Rebouças.

Fonte: Assessoria de Imprensa

  • Compartilhe
  • <

Os comentários estão desativados.