Por Fora
das Pistas

Hall da Fama

29 de junho de 2016

Fabio Leivas conversa com exclusividade com o PFDP. Confira!

Nome completo: Fabio Leivas da Costa
Idade:  47 anos
Local nascimento: Rio de Janeiro
Signo: Libra
Time do coração: Fluminense
Hobby: . Ir ao cinema
Comida preferida:  Frutos do mar
Frase: O melhor esta por vir!


PFDP: Onde vive atualmente?
Entre Rio de Janeiro e Europa.

PFDP: Conta com quais cavalos para as principais competições?
Allegro e Fox Trot.

PFDP: Voce está entre os cavaleiros observados pela CBH para os JO Rio 16? Conte-nos da programação até a definição dos conjuntos.

Minha programação agora, até o dia da definição da equipe dos JO Rio16, é deixar o meu cavalo em ordem para estar 100%  se estivermos entre os selecionados.

PFDP:  Como foi sua programação de provas até aqui? Quais foram seus resultados mais relevantes?   
Saltei 6 concursos em Wellington e 4 aqui na Europa. No total foram 10 sendo que 7 destes 5*. Fiz segundo e sexto em dois GPs Ruby e Viollet e duas colocações em dois GPs 5* nos EUA.

Na Europa fiz oitavo em Eindhoven, zero e quatro no GP de sábado em Roma e segundo no GP CSIO 5* em SOPOT na Polônia.

IMG-20160629-WA0017

PFDP: De todos os eventos já participados existe um preferido?
Gosto muito da temporada em Wellington.

PFDP: Poderia citar um cavalo inesquecível para sua carreira?
Fox Hunter.

IMG-20160629-WA0016

PFDP: Quais são suas metas a curto/longo prazo?
A curto prazo estar preparado para os Jogos Olímpicos no caso de precisarem de mim e, ao longo prazo continuar tendo prazer em praticar o meu esporte pois o resto é consequência.

PFDP: Cite alguns cavaleiros e ou amazonas que você admira no esporte.
Cresci vendo e aprendendo com Elizabeth Assaf, Lucia Faria, Felipe Azevedo, Helio Pessoa, Vinicius da Motta e Nelson Pessoa. Estas foram minhas referências quando comecei a gostar do esporte.

PFDP: Como sabemos, está morando fora do Brasil faz algum tempo, pretende voltar?
Na verdade, comecei a me preparar para este momento em 2014 quando fui para os EUA e depois para a Europa com estes dois cavalos. De lá para cá minha vida virou uma grande ponte aérea, mas minha base é o Brasil e é aqui que gosto de morar.

PFDP: Qual a principal diferença das provas no Brasil e no exterior?
Acho que no Brasil temos concursos bem difíceis como são os da copa Hyundai. Porém as grandes diferenças ao meu ver estão na competitividade, nas larguras dos obstáculos e no tempo concedido.

Abaixo confira alguns vídeos do cavaleiro saltando Alegro e Fox Trot no exterior:

 

  • Compartilhe
  • <